Israel proíbe entrada de 83 mil palestinianos na sequência do ataque

0
67

Israel suspendeu as autorizações de entrada que tinha concedido a mais de 80 mil palestinianos por causa do Ramadão, na sequência do atentado de quarta-feira em Telavive.

Em Jerusalém fica a Mesquita de Al-Aqsa, o terceiro local mais sagrado do islamismo, aonde muitos palestinianos gostariam de poder ir rezar durante o mês sagrado para os muçulmanos.

Dois homens, identificados pela polícia israelita como palestinianos, atacaram ontem
um restaurante, mas os israelitas não querem ceder ao medo…
LEIA MAIS: http://pt.euronews.com/2016/06/09/israel-proibe-entrada-de-83-mil-palestinianos-na-sequencia-do-ataque

euronews: o canal de notícias mais visto na Europa
Subscreva! http://www.youtube.com/subscription_center?add_user=euronewspt

euronews está disponível em 13 línguas: https://www.youtube.com/user/euronewsnetwork/channels
Em português:
Site: http://pt.euronews.com
Facebook: https://www.facebook.com/euronews
Twitter: http://twitter.com/euronewspt